Make your own free website on Tripod.com

Educação e cultura

                A primeira escola pública estadual, chamada Coêlho Neto, passou mais tarde, em 1442, com a criação da sede própria, a chamar-se Dr. Paulo Martins de Sousa Ramos, que concedeu verba para esta finalidade por intermédio da prefeita da época, a Sr. Joana da Rocha Santos.Os primeiros grupos escolares municipais da zona rural foram construídos nos povoados de Sucupira, Jatobá e Malhada D´ Areia, aproximadamente no final da década de 1950.

                Atualmente é satisfatória a rede ensino e atende , não só à classe estudantil do município, como também as regiões vizinhas, com escolas de 1º, 2º graus, nas zonas urbanas e rural, conforme demonstra o quadro abaixo:

                

                Órgãos de Apoio à educação municipal

                Os órgãos que dão assistência a educação de São João dos Patos são:

                *Secretaria de Educação do Estado, através de seus órgãos

                *Fundação educar.

                (Esses dados são antigos acho que já deve ter mais órgãos  de Apoio à educação municipal)

 

                *Biblioteca

                Existem, no município, três bibliotecas mais conhecidas: Biblioteca João Câncio da Silva, com aproximadamente 1000 livros, a Biblioteca de mães, com aproximadamente 755 livros, e a biblioteca do farol da educação que é a mais freqüentada da cidade tendo aproximadamente 1.500 livros.

                

             *Religião

                    O primeiro templo construído, em São João dos Patos, foi a Igreja Matriz de São João Batista, padroeiro festejado com fervor, no período de 15 a 24 de junho, com alvoradas, novenas, leilões e animações, sob a responsabilidade dos notários, que são pessoas de destaque, na comunidade. Citam-se, como animações, as quadrilhas, os bingos e as danças típicas. Nas celebrações das novenas ao santo, canta-se o hino ao padroeiro.

 

                   Predomina, em São João dos Patos, a re1igi~o católica apostólica romana, com um índice aproximado de 907. dos fieis. Destacam-se também a Batista, Testemunha de Jeová, Assembléia de Deus e Congregação Cristã do Brasil. Vale ressaltar o sincretismo religioso do povo patoense. Constata-se, este fato, pelo grande numero de fiéis católicos apostólicos, que freqüentam o Centro Espírita Amor e Caridade, da linha Cardecista, tendo, como líder espiritual, o Sr. Vicente de Paula Ribeiro Barros e, como presidente, a Sra Maria das Dores Sousa de Melo.

 

                  A Igreja Matriz de São João Batista foi construída por Idalina, esposa de um comerciante, depois demolida e reconstruída pelo Sr. Antonio Bezerra.

 

                  Os outros templos religiosos são:

 

* De Santa Terezinha

* De Santa Luzia

* De São Jose

* De São Sebastião

* De Santa Rita de Cássia

* De São Raimundo

* De Nossa Senhora das Dores

* Das Almas

* De São Francisco

                       

            Existem, também, templos de outras religiões:

 

*Igreja Batista

*Templo Evangélico da Assembléia do Deus

*Salão do Reino das Testemunhas do Jeová

 

            Em São João dos Patos, chega a ser insignificante o índice de adeptos de seitas, como umbanda ou candomblé.

 

           -Calendário Religioso

 

           O Município possui o seguinte seguintes religioso:

 

* São Sebastião mês de janeiro

*  São Benedito no período de 24 de abril a 03 de maio

*  São João Batista padroeiro da cidade, de 15 a 24 de julho

* Born Jesus da Lapa em 06 de agosto

*Nossa Senhora do Livramento no mês de setembro

*São Francisco de 24 de setembro a 04 de outubro

*Santa Rita no m5s de julho

*Nossa Senhora das Dores no mês de agosto

*Santa Luzia no mês de dezembro

*São Raimundo no mês de agosto

 

 

Hino do Padroeiro 

 

Correi pastores, Correi,

Vinde implorar a São João

Vinde cantar-lhe louvores

Para que nos dê proteção 

Não desejeis que nesta terra

Triunfem o vício e o horror,

Que a pureza e a virtude Nos encham de fé e de amor

 

            Ó glória São João

Nosso amigo verdadeiro

Protegei nossa cidade

De que sois o padroeiro

 

Afastai as crenças insúplicas

Que não conhecem Jesus

As doçuras que corroem

A humildade da cruz

 

Intercedei por piedade

Deus Pai onipotente

Protegendo as criancinhas

Na bravura da inocência

 

Assim São João querida

Por todos nós venerado

De Patos nas alturas

Sede eterno advogado. 

 

    -Crendices e Supertições 

As superstições mais conhecidas no Município são:

 

* Para evitar quebranto — amarra-se um dente de alho e coloca-se no bravo da criança.

* Para acabar com unheiro — coloca-se o dedo doente em um buraco na parede e repete-se três vezes “nunca vi unheiro verde em buraco de parede”.

* Para parar soluço — coloca-se lã molhada na testa da pessoa.  

*Para casar — colocar Santo Antônio de cabeça para baixo.

* Dá azar — cruzar com gato preto.

*Avisa a morte — beija-flor entrar em casa.

*Aviso de morte — coruja ou rasga-mortalha cantar perto de casa.

*Para curar caxumba que desce — a pessoa deve ir para a porta de um curral urrar corno boi.

*Sentir coceira na mão — é Sinal de dinheiro ou presente que a pessoa vai receber. 

 

    *Medicina Natural

            A medicina natural é muito usada no Município. As ervas ou plantas medicinais mais usadas, para fazer chá, são: 

*Malva do reino com cebola — evita a gripe

*Trevo — traz saúde para o coração

*Catuaba tirada a casca de baixo para cima — é afrodisíaco

*Açafrão — cura catapora

*Sucupira — alivia os males da garganta

*Folha de goiabeira com bacurau — cura disenteria

*Casca de laranja — é digestivo

*Folha de maracujá — serve como calmante

*Folha de abacate — traz saúde para os rins

*Losna — cura males do fígado e suspensão

*Arruda — alivia as cólicas menstruais

*Urina nêga — combate o reumatismo

*Manjericão cozido — cura sinusite

*Correa curada — alivia mordida de cobra.

 

             No Município, utilizam-se, também, benzimentos para curar quebranto, arca-caída e ventre-virado. As mais conhecidas benzedeiras são: dona Onorina, dona Orgiana, dona Lobata e o benzedor seu Pitombeira.

 

            Existem, no Município, as seguintes parteiras (Esse numero e as pessoas que foram citadas são dados antigos) parteiras: Eliza, Clóves, Maria dos Santos Veloso, Raimunda Alves da Silva (Tinduca) e dona Maria Rosa.

 

            Benzimentos mais usados, são os que curam:

 

* Dor de dente

*Mordidas de cobras

*Crianças com febre, dormindo muito.

*Quebranto

*Engasgo  

 

              *Culinária 

                  O Município de São João dos Patos alimenta-se, básica­mente, da carne bovina, frango, arroz, feijão, tapioca, ovos e frutas da época.

 

                A cozinha é bastante variada, com tendência a adapta­ções, tendo como pratos típicos principais:

 

 

                Picadinho de abóbora 

                    Corta-se a carne seca em pedacinhos e tempera-se com tempero seco, cebola, tomate e pimentão. Refoga-se em gordura quente, acrescenta-se abóbora bem picadinha. Quando cozinha, põe-se cheiro verde e serve-se com arroz branco. 

                  Galinha caipira com pirão de parida

 

                    Corta-se a galinha ou capão, pela-se, tempera-se com tempero seco, tomate, cebola e pimentão. Refoga-se em gordura quente e cozinha-se, colocando água, aos poucos. Quando cozida, acrescenta-se cheiro-verde. À parte, prepara-se o pirão, escaldando-se a farinha de mandioca, peneirada, com o caldo da galinha.

 

                    Entre os doces mais usados, pelos patoenses, temos:

 

                    Caju, sidra, mamão, banana, laranja e coco. 

                    Doce de sidra da Margô 

                    Ingredientes:

                    Sidras Verdes — 01 (uma) para cada 1Kg de açúcar, cravo e canela.

                   Modo de fazer 

                    Descasca-se as sidras e tira-se as quatro fatias ao comprido. Aferventa-se, até ficar em bolinhas de água e branquinhas, quase transparentes. Espreme-se uma por uma e coloca-se em água fria, colocando-a em outra bacia D´água   , repete-se esta operação por quinze vezes.

                   À parte, prepara-se uma calda com açúcar, até ficar em ponto de fio. Ao esfriar, põe-se as fatias da sidra dentro da    

Calda acrescenta-se cravo e canela em lasca e leva-se ao fogo brando, por 1 (uma) hora. Servir só com creme de leite gelado. 

                    (Receita tradicional da Sra. Maria Herlinda Silva Sá).

 

 

                Lúdica Popular 

                    As brincadeiras populares, praticadas, pelos adultos, são:

Jogos de baralho, dominó, dama e barra. 

As crianças divertem-se, brincando de queimado,bola de gude, jogo de castanha, peteca e amarelinha. 

     

             Folguedos 

                     O folclore de São João dos Patos é representado pela dança da quadrilha, reisado, carnaval e o pau de São Sebastião. 

*quadrilha — dança folclórica representada apenas em época junina.

* reisado — em geral, Se apresenta para pagar promessas, feita pelo seu promotor. A toada  cantada por mulheres e os homens acompanham com seus instrumentos, que são o pífaro, a viola ou a sanfona. 0 grupo de reisado são cantando, de porta em porta, durante a noite, pedindo esmola.

 

                Eis alguns trechos do limo a Santo Reis

 

                Oh! de casa oh! de fora

                Li de dentro nobre gente

É   chegada em nossa porta

Os três reis do oriente

Gaspar, Belchior e Baltazar

Nasceram todos num dia

E Baltazar ao meio-dia

 

Santo reis pôde vir

Me mandou que eu cá viesse

Também mandou lhe dizer

Que a vossa esmola desse

 

Vou dar uma despedida

Chapéu fora da cabeça

Senhor dono de casa

Durmam com Deus e amanheçam 

“Divino Espírito Santo” 

Oh! Meu Divino Espírito Santo

Divino consolador

Oh! Consolai as nossas almas

Quando deste mundo for

Oh! Minhas alvíssaras companheiras

Alegrai o coração

Oh! Que agora enxerguei

A Igreja de São João

 

Oh! Mais cadê meu Reis dos Anjos

Parece que quer nos deixar

Oh! Mais não sou banco de areia

Que não posso navegar

 

Oh! Deus lhe pague sua esmola

Se dada de coração

Oh! No reino do céu vejo

Em perpétua salvação.

 

            *Carnaval — dança-se, normalmente, durante três dias, no período em que é comemorado em todo o pais, e é um dos melhores carnaval da região.

            *Pau de São Sebastião— é tradicional, em todos os anos, colocar um pau na porta de alguém. No ano seguinte, a última pessoa contemplada a receber e colocar na casa do outro.

Se você queser mais receitas visite a coluna direita do site de São Jão dos Patos, que se juntou com o DivertLine